Resenha: Red Luna – A Biblioteca do Czar

Red Luna – A Biblioteca do Czar
Autor: Gabriel Morato, Marcos Inoue
Ilustração: Carlos Sneak , Leticia Gois Vilela , Marcos Inoue
Editora: Gutenberg

Páginas: 200

Fala galera, voltando a ativa (assim espero) com uma resenha nacional, recebi o convite para resenhas esse exemplar, e nossa fiquei super feliz. Já tinha visto algumas noticias antes do lançamento e então fui uma grande surpresa receber o livro, bom vamos ao que interessa…

Sinopse

A série Red Luna apresenta ao leitor uma trilogia fantástica que conta a história de três raças de vampiros que lutam entre si enquanto se alimentam da humanidade: os sugadores de sangue Varnis, os drenadores de magia Devas e os devoradores de emoção Auras. Com suas origens envoltas em mistério, o ódio e o medo uns dos outros só aumentaram ao longo dos séculos, atingindo os humanos no fogo cruzado. Neste livro, conheça os Varnis, os milenares senhores secretos da humanidade. Vencedores da guerra travada contra os místicos Devas, os Varnis sobreviveram ao fim da Era da Magia alimentando-se de sangue humano, mas foram condenados a não poderem mais andar sob o sol.

Resenha

Quando pesquisei sobre Red Luna o que mais me chamou a atenção foi sua proposta de misturar algumas mídias em um só local, o estilo de escrita, narrativa e aventura faz uma forte referencias aos RPG’s de mesa, as ilustrações claro são referencias dos jogos japoneses e dos mangás (um dos principais pontos que me chamou a atenção inicialmente), mas procurei pesquisar no próprio site que apresenta diversas informações sobre a serie, sim o livro tem continuações previstas e depois de ler sobre o livro decidi que queria conhecer o universo de Red Luna.

Como dito na sinopse somos apresentados ao uma guera entre três raças de vampiros que vivem em constante luta para conseguir o poder entre as raças, um detalhe muito bem trabalho foi essa distinção entre os vampiros que aqui se alimentam sempre de humanos mas não somente de sangue, mas de emoções e magia também. 
O livro por ter apenas 200 paginas tem uma historia que não se aprofunda muito em detalhes, a historia e quase inteiramente contada pelo ponto de vista de um personagem, isso causa uma impressão de que falta algo a acrescentar, mas isso não atrapalha em nada na imersão da historia, pois como disse antes Red Luna tem uma proposta de ser um projeto que integra varias mídias então existe a possibilidade de conhecermos mais da historia por vários meios.
Uma das vantagens e ver o belo trabalho gráfico que a Gutenberg vem dando para os seus lançamentos, as folhas são bem grossas e trabalhadas, as ilustrações ficaram bem definidas nas paginas limpas e brancas. 


Eu indico a leitura por sua proposta e espero que as novas mídias de Red Luna apareçam logo, pois desde que conheci o enredo e depois o livro sempre imaginei Red Luna como um jogo de card ou um game online. Espero que o sucesso da obra possibilite essa grande exploração do mundo que Red Luna proporciona. Então conheçam o livro e alem disso apoiem os autores nacionais que investem nesses projetos inovadores.




Anúncios

2 thoughts on “Resenha: Red Luna – A Biblioteca do Czar

  1. O fato de fazer referência aos mangás também me chamou a atenção agora e curti os desenhos, mas não entendo nada de RPG de mesa rsBeijooovitamina de pimenta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s